gold silver
mailing paying

Mailing livre
Português

home

Prata & zinco, cobre, chumbo, níquel, cobalto.
Comparação da produção, preços e reservas.

É muito frequente que faça-se referência ao rácio do preço entre o ouro e o prata, ele fala às vezes da sua produção. No entanto, é muito raro que compara-se o preço e as produções do prata com as o o do zinco, o o cobre, o chumbo, o níquel e o cobalto. O zinco, o cobre e o chumbo frequentemente são associados à produção de prata, o seu curso são por conseguinte ligado, em contrapartida o níquel e o cobalto não o são. A relação média entre a produção de prata e outros metais é calculada uma primeira parte, seguidamente calculo o preço médio entre o prata e estes outros metais. O último rácio é a relação entre as reservas de prata e os outros metais. Estes números são utilizados seguidamente para fazer um cálculo teórico do preço da onça de prata em função deste rácio.

I.Calculs.
- Zinco, Zn.
A produção de zinco é em média, desde 100 anos, 318 vezes superior à do prata.
O preço de prata é em média, desde 100 anos, 156 vezes superior ao do zinco.
As reservas de Zinco são 1071 vezes superiores à de prata.

média prod 318: 1.022$/tonnes Zn * 318 = 324.996 $/tonnes = 10.1 $ oz Ag.
média prémio 156: 1.022$/tonnes Zn * 156 = 159.432 $/tonnes = 4.95 $ oz Ag.
Rácio reservas 1071:1022 $/tonnes Zn * 1071 = 1.094.562$/tonnes = 34 $ oz Ag.

- Cobre, Cu.
A produção de cobre é em média, desde 100 anos, 411 vezes superior à do prata.
O preço de prata é em média, desde 100 anos, 71 vezes superior ao do cobre.
As reservas de cobre são 2261 vezes superiores à de prata.

média prod 411: 2870$/tonnes Cu * 411 = 1.179.570 $/tonnes = 36.68 $ oz Ag.
média prémio 71: 2870$/tonnes Cu * 71 = 203.770 $/tonnes = 6.33 $ oz Ag.
Rácio reservas 2261:2870 $/tonnes Cu * 2261 = 6.489.070 $/tonnes = 201 $ oz Ag.

- Chumbo, Pb.
A produção de chumbo é em média, desde 100 anos, 239 vezes superior à do prata.
O preço de prata é em média, desde 100 anos, 183 vezes superior ao do chumbo.
As reservas de chumbo são 333 vezes superiores à de prata.

média prod 239: 965$/tonnes Pb * 411 = 230.635 $/tonnes = 7.17 $ oz Ag.
média prémio 183: 965$/tonnes Pb * 71 = 176.595 $/tonnes = 5.49 $ oz Ag.
Rácio reservas 333: 965$/tonnes Pb * 2261 = 321.345 $/tonnes = 9.99 $ oz Ag.

- Níquel, Ni.
A produção de níquel é em média, desde 100 anos, 33 vezes superior à do prata.
O preço de prata é em média, desde 100 anos, 26 vezes superior ao do níquel.
As reservas de níquel são 333 vezes superiores à de prata.

média prod 33: 13.920$/tonnes nem * 33 = 459.360 $/tonnes = 14.28 $ oz Ag.
média prémio 26: 13.920$/tonnes nem * 26 = 361.920 $/tonnes = 11.25 $ oz Ag.
Rácio reservas 333: 13.920$/tonnes ni *333 = 4.635.360 $/tonnes = 144 $ oz Ag.

- Cobalto, Co.
A produção de cobalto é em média, desde 100 anos, 1.3 vezes superior à do prata.
O preço de prata é em média, desde 100 anos, 9.1 superior ao do cobalto.
As reservas de cobalto são 30.95 vezes superiores à de prata.

média prod 1.31: 56.054$/tonnes Co * 1.31 = 73.431 $/tonnes = 2.28 $ oz Ag.
média prémio 9.1: 56.054$/tonnes Co * 9.1 = 510.091$/tonnes = 15.86 $ oz Ag.
Rácio reservas 30.95:56 054$/tonnes Co *30.95 = 1.734.871$/tonnes = 56.96 $ oz Ag.


II. Média dos preços, produção e rácio de reservas entre Ag e Zn, Cu, Pb, Ni, Co.
- Média dos preços:
O zinco é, desde 100 anos, 156 vezes menos caro que o prata, ao preço actual do zinco aquilo dá um preço da onça de prata de 4.95$/oz Ag.
O cobre é, desde 100 anos, 71 vezes menos caro que o prata, ao preço actual do cobre aquilo dá um preço da onça de prata de 6.33$/oz Ag.
O chumbo é, desde 100 anos, 183 vezes menos caro que o prata, ao preço actual do cobre aquilo dá um preço da onça de prata de 5.49$/oz Ag.
O níquel é, desde 100 anos, 26 vezes menos caro que o prata, ao preço actual do zinco aquilo dá um preço da onça de prata de 11.25$/oz Ag.
O cobalto é, desde 100 anos, 9.1 vezes menos caro que o prata, ao preço actual do cobalto aquilo dá um preço da onça de prata de 15.86$/oz Ag.

A média dos preços obtida para o prata a partir destes cinco metais é de 8.77$. É o valor que deveria ter uma onça de prata em função dos preços actuais o Zn, Cu, Pb, de Ni e Co e da relação média entre o preço o prata e destes metais desde 100 anos.

- Média de produção:
Desde 100 anos, o productionde zinco é 318 vezes mais importante que a de prata, Si utiliza-se este rácio para determinar o valor de uma onça de prata, ele obtem-se então 10.1 $/oz Ag.
Desde 100 anos, o productionde de cobre é 411 vezes mais importante que a de prata, Si utiliza-se este rácio para determinar o valor de uma onça de prata, ele obtem-se então 36.68$/oz Ag.
Desde 100 anos, o productionde níquel é 33 vezes mais importante que a de prata, Si utiliza-se este rácio para determinar o valor de uma onça de prata, ele obtem-se então 14.28$/oz Ag.
Desde 100 anos, o productionde cobalto é 1.3 vezes mais importante que a de prata, Si utiliza-se este rácio para determinar o valor de uma onça de prata, ele obtem-se então 2.28$/oz Ag.

A média dos preços obtida para o prata a partir destes cinco metais é de 14.1$. É o valor que deveria donx ter uma onça de prata em função dos preços actuais o Zn, Cu, Pb, de Ni e Co e da relação média entre a produção de prata e estes metais desde 100 anos.

- Relação entre as reservas:
As reservas de prata são os 1071 inferiores às reservas de zinco. Se utiliza-se este rácio para calcular o valor de um oz Ag em função do valor do zinco, obtem-se: 34 $/oz Ag.
As reservas de prata são os 2261 inferiores às reservas de cobre. Se utiliza-se este rácio para calcular o valor de um oz Ag em função do valor do cobre, obtem-se: 201 $/oz Ag.
As reservas de prata são os 333 inferiores às reservas de chumbo. Se utiliza-se este rácio para calcular o valor de um oz Ag em função do valor do chumbo, obtem-se: 9.99 $/oz Ag.
As reservas de prata são os 333 inferiores às reservas de níquel. Se utiliza-se este rácio para calcular o valor de um oz Ag em função do valor do níquel, obtem-se: 144 $/oz Ag.
As reservas de prata são os 30.95 inferiores às reservas de cobalto. Se utiliza-se este rácio para calcular o valor de um oz Ag em função do valor do cobre, obtem-se: 56.96 $/oz Ag.

A média dos preços obtida para o prata a partir destes cinco metais é de 89.19$. É o valor que deveria ter uma onça de prata em função dos preços actuais o Zn, Cu, Pb, de Ni e Co e da relação entre as reservas de prata e estes metais.

Atenção!!!!! Os cálculos desta parte são meramente teóricos, fazem apenas destacar a importância da produção anual no estabelecimento dos preços do prata e o facto de as suas fracas reservas não são tidas em conta em relação estes outros a metais.

III. Oferta, pedido e reservas
- O preço dos metais é obtido, desde 100 anos, em função de dois parâmetros: o pedido e a disponibilidade. Para tomar uma imagem, pode-se pensar à uma garrafa cujo débito é demasiado fraco, sobre esta ele coloca-se um gargalo mais importante para aumentar o débito em função do pedido. Contudo, esquece-se um ponto importante, é o conteúdo da garrafa. Se aumenta-se o gargalo, esvazia-se mais rapidamente. O produtor que chega no fim do recipiente compreende que deve diminuir é débito, não devido a limite técnico, mas porque não deixará de ser capaz de renovar o conteúdo. Os produtores de prata, desde séculos, abrem uma nova mina quando a antiga é esgotada. Mas primeira vez, começam a ter dificuldades para encontrar novos filões, a sua atitude deveria por conseguinte alterar sobre a sua maneira de produzir. Os produtores de prata poderão satisfazer o pedido futuro, mas querê-lo-ão?
- A média dos preços obtida em função dos preços e a produção desde um século está globalmente próxima (8.77$ e 14.1$), o preço decorre da produção. Mas os preços obtidos de a partir das reservas são diferentes (89$), porque o preço dos metais tem em conta mais a sua disponibilidade que da sua escassez. Assim o rácio produção e os preços são próximos mas no entanto muito afastados do rácio reservas.
Por exemplo, o prata talvez produzido um custo relativamente fraca, entre 4$ e 5$ a onça, sua acessibilidade é por conseguinte muito boa. Este fraco custo de produção faz esquecer a sua escassez. Qual seria o curso do ouro se o seu preço médio de produção fosse apenas de 5$? Isto provocaria um aumento da sua produção e uma baixa destes cursos, continuaria menos caro, mas também raro. Por conseguinte, os jazigos de ouro são esgotados rapidamente.
É por isso que creio que, logo que tomar-se consciência das existências limitados de prata, uma decolagem brusca estes prixva produzir-se e portanto a produção vai reduzir-se. Esta abordagem começa a ver o dia entre os produtores de prata, recusam-se a produzir ao curso actual que julgam demasiado fracos, em relação às reservas (e não em relação produção à possível). Contrariamente de ouro, para o qual escavando mais profundo, poderá-se aumentar as reservas ao preço de um aumento dos custos de produção (exemplo da África do Sul), o prata ele produzir-se-á até última à onça à custos de produção relativamente fracos. É para aquilo que o prata por muito tempo surexploité e é vendido à custos muito demasiado fracos em relação à sua escassez. É também por esta razão que será sem dúvida um de primeiros metais atingir a sua PIC de produção.

Desconfio-me dos produtores de prata que fazem demasiado comunicação sobre a sua produção actual e geralmente muito pouco sobre as suas reservas. Prefiro as minas que hibernent como o urso durante o inverno produzindo o menos possível para preservar os seus existências. Certas minas pararam mesmo temporariamente a sua produção, é uma sábia decisão, porque vender à preços saldados, um produto dificilmente renovável. O valor de uma mina de prata não é determinado pela sua produção, mas pelas suas reservas.

Dr. Thomas Chaize


 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

raw material
other
mailing free
dani2989 logo